26/05/2023 15:12 |
Primeira edição do Prêmio Queijos do Paraná anuncia resultado em junho
Além do julgamento e premiação, evento também conta com extensa programação, com minicursos e palestras

O Prêmio Queijos do Paraná chega a sua última etapa. O julgamento e premiação será realizado no dia 1º de junho, no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba. Na ocasião, o corpo de jurados especializados avaliará os 323 produtos inscritos, definindo os premiados. A iniciativa vai além: ao longo do dia, haverá extensa programação, com a realização de minicursos e palestras. O Prêmio Queijos do Paraná é promovido por um comitê gestor, formando pelo Sistema FAEP/SENAR-PR, Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), Sebrae-PR e Sindileite-PR, com apoio de 28 entidades.

A avaliação dos queijos acontece em três fases, todas no MON. Na primeira fase – no período da manhã –, o júri vai analisar os inscritos a partir de critérios técnicos e sensoriais, de acordo com a categoria inscrita. Para isso, cada jurado participou de um curso promovido pela própria organização do Prêmio Queijos do Paraná. Ao longo da avaliação, cada queijo receberá pontos de 0 a 20. Os produtos que obtiverem 18 pontos ou mais serão premiados com medalha de ouro. Para receber medalha de prata, é preciso fazer pelo menos 16 pontos. O bronze fica para os que atingirem 14 pontos.

Na segunda fase, no Auditório do MON, os queijos condecorados com medalha de ouro passarão por uma nova análise, em que os jurados podem premiá-los com o selo super ouro. Por fim, entre os produtos reconhecidos com o super ouro, será escolhido pelo júri o melhor queijo da primeira edição do Prêmio Queijos do Paraná. A partir das 18 horas, ocorrerá a cerimônia de premiação.

“Nossos queijos sempre chamaram a atenção pela qualidade, ganhando até prêmios internacionais. Agora, eles são celebrados aqui no Paraná, também. Essa iniciativa visa reconhecer a excelência dos nossos queijos”, destaca o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

Os produtos inscritos são provenientes de todas as regiões do Estado, concorrendo em 16 categorias. Cada uma delas será avaliada por pelo menos três jurados. A categoria com maior número de concorrentes é a que reúne queijos tipo minas artesanal ou colonial, que somou 72 concorrentes. A categoria de criações especiais – como os queijos aromatizados ou condimentados com outros ingredientes, como doces, ervas ou café – teve 57 inscritos. Outros 47 produtos vão participar na categoria para similares à muçarela ou cacciocavalo. Os outros participantes, dividem-se entre as demais categorias.

Após a premiação, os vencedores poderão usar a medalha recebida como selo na embalagem de seus produtos. Os prêmios também incluem consultoria de gestão e de design de embalagem até treinamentos voltados ao processo de produção. Todos os participantes receberão um relatório técnico, com apontamentos a respeito do seu produto.

Programação

Além da avaliação e premiação, a programação do Prêmio Queijos do Paraná inclui cinco palestras com profissionais e especialistas do setor de lácteos, realizadas no auditório do museu. Os temas abordados serão cultura para queijos, inovações em tecnologias em lácteos, oportunidades no mercado de lácteos, biopreservação de queijos e oportunidade para exportações de lácteos (veja os horários abaixo).

Também serão realizados cinco minicursos, em parceria com o Senac-PR, uma das entidades apoiadoras do Prêmio Queijos do Paraná. Serão três minicursos sobre montagem de tábuas de queijos, um sobre harmonização de queijos e vinhos e um sobre harmonização de queijos e cervejas. Serão disponibilizadas 20 vagas para cada minicurso. Por isso, é preciso se inscrever no site: sistemafaep.org.br/premio-queijos-do-parana.


Palestras
09h15 – Cultura para queijos
Leonardo Seccadio dos Santos, consultor técnico de lácteos da SACCO Brasil

10h15 – Inovações em tecnologias em lácteos
Yuri Villani Teixeira de Souza, técnico em laticínios e engenheiro agrônomo

11h15 – Oportunidades no mercado de lácteos
Mario Ruggiero, gestor nas indústrias na Scanntech, empresa uruguaia de tecnologia

14h – Biopreservação de queijos
Rodrigo Magalhães, diretor da Divisão Queijos da Globalfood

15h – Oportunidade para exportações de lácteos
Airton Spies, proprietário da empresa Spiesagro Palestras e Consultoria


Minicursos
9h – Montagem de tábuas de queijos
Milton Rodrigo Gonçalves

10h – Harmonização de queijos e vinhos
William Rodrigo Lopes Kelm

11h – Montagem de tábuas de queijos
Milton Rodrigo Gonçalves

14h – Harmonização de queijos e cervejas
William Rodrigo Lopes Kelm

15h – Montagem de tábuas de queijos
Milton Rodrigo Gonçalves


Fonte: FAEP
Foto: FAEP
OUTRAS NOTÍCIAS
Previsão do tempo (M. C. Rondon)
Hoje
16°C
29°C
Parcialmente Nublado
Amanhã
19°C
28°C
Parcialmente Nublado
21 / 06
16°C
28°C
Parcialmente Nublado
Cotações agrícolas
R$ 48,00
R$ 120,00
R$ 75,00
R$ 2,64
R$ 6,63
R$ 210,00
R$ 5,44

Sem negociau00e7u00e3o.